'A última coisa que quero é propaganda no WhatsApp', diz cofundador do app - Link - Estadão