WhatsApp ganha modo escuro na web e figurinhas animadas

Recursos serão disponibilizados ao longo do mês na versão mais atualizada do app

Redação Link - O Estado de S. Paulo

Você pode ler 5 matérias grátis no mês

ou Assinar por R$ 0,99

Você pode ler 5 matérias grátis no mês

ou Assinar por R$ 0,99

Você leu 4 de 5 matérias gratuitas do mês

ou Assinar por R$ 0,99

Essa é sua última matéria grátis do mês

ou Assinar por R$ 0,99

Novos recursos do WhatsApp Foto: WhatsApp

O WhatsApp anunciou nesta quarta, 1, um pacote de novidades que serão implementadas nos próximos dias. Entre elas estão o modo escuro para a versão web do serviço, figurinhas animadas e um leitor de código QR para receber informações de contatos. Segundo a empresa, todos os recursos estarão disponíveis nos próximos dias na versão mais recente do app.  

Lançado em março para Android e iOS, o modo escuro agora chega na versão web, o que deve aliviar o impacto nos olhos de quem trabalha o dia inteiro com a ferramenta aberta. O recurso é popular e era bastante aguardado. 

Outra novidade que deve fazer sucesso são as figurinhas animadas, que se parecem com um primo muito próximo dos GIFs. "Figurinhas animadas: as figurinhas são, certamente, uma das maneiras favoritas pelas quais nossos usuários se comunicam, e bilhões delas são enviadas no WhatsApp todos os dias", disse a empresa em post no seu blog. 

Foi apresentado também um leitor de código QR, que deve facilitar acrescentar novos contatos à agenda do celular. O usuário poderá escanear as informações presentes no código, o que permitirá que ninguém mais digite nome e telefone de um novo contato. Tudo será acrescentado automaticamente. 

O WhatsApp revelou também melhorias nas chamadas em vídeo. Será possível escolher observar em tela cheia a câmera de apenas um dos oito contatos numa conversa em grupo. Haverá também um ícone de chamada em conversas em grupos, o que deve facilitar a realização desse tipo de chamada. Já os usuários do sistema operacional KaiOS poderão compartilhar os Status que desaparecem após 24 horas. 

 

 

Mais conteúdo sobre:

Encontrou algum erro? Entre em contato